9 de março de 2015

Secret story: a luta pelo poder – José Castelo Branco e o outro Zéze.


Confesso que já segui vários programas deste tipo, denominados de “vida real”. Não me esqueço dos primeiros Big Brothers e de algumas Casas dos Segredos. A verdade é que me rio, como uma perdida, com algumas barbaridades que saem daquelas bocas, e pergunto-me muitas vezes onde vão desencantar aquela gente. São para mim programas de entretimento e mais do que os diários, eram as galas de domingo à noite que seguia com mais atenção pois ajudavam-me a desanuviar daquela sensação de fim de fim-de-semana e véspera de 2.ª feira. 

Mas esta casa dos segredos ou luta pelo poder não tenho seguido. Mas ontem vi uma parte. E devia era ter saltado mais rapidamente de canal. Já muita coisa degradante se passou dentro daquelas paredes, mas ver um convidado da produção (José Castelo Branco), que devolveu as audiências perdidas a um programa já gasto, a ser agredido em direto foi, talvez, a cena mais degradante que vi. 

Goste-se ou não dele, para mim aquilo é uma personagem, tal como existiu o Batatoon existe o Zé Castelo Branco, que me faz rir. E, a verdade é que no meio daquelas poses, e disparates uma pessoa ainda dá umas valentes gargalhadas. Agora aquele senhor de seu nome Zézé Camarinha, valha-me nossa senhora, é baixo nível. Não sabe brincar. E a produção esteve mal, a Teresa Guilherme que até é uma pessoa que admiro esteve também muito mal. 
Usaram estes dias todos o Castelo Branco para subir nas audiências, mas não ficaram satisfeitos e queriam mais. Deixarem entrar o Camarinha, apenas e porque queriam armar ainda mais barulho, desenterrar ódios antigos que só aos dois diz respeito, e arrumar com a concorrência foi degradante e aqui tiro o meu chapéu ao Castelo Branco que depois disto saiu, sem deixar de dizer o que tinha a dizer. E esta cena toda valeu para uma coisa: a vontade de ver seja o que for mais deste nível desapareceu. E o homem lá de casa vai ficar feliz.

1 comentário:

  1. Por acaso com curiosidade fui ao site ver a cena e concordo com o que dizes o Zé não passa de uma personagem que apesar de tudo voltou a dar audiência ao programa e por ele o programa ganhou animo ,foi uma falta de respeito terem deixado entrar alguém de tão baixo nível como o tal Zezé o coitado do Rúben ainda tentou não deixar que tal aconteça mas foi empurrado enfim...

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016