2 de junho de 2015

21/52 de 2015


Liberdade. O Diogo adora ir até à aldeia da bisavó. Por lá a palavra liberdade tem realmente significado. Ele brinca. Suja-se. Molha-se. Troca 232131 vezes de roupa e é (muito) feliz assim. É um menino de cidade mas com alma de campo. E nós temos a sorte de ter um lugar assim, onde podemos levá-lo para ser uma criança (ainda mais) livre.

[O Diogo nesta última visita à avó (talvez por já ser mais crescido e começar a ter alguma perceção do certo\errado e\ou do que é normal acontecer) quando se apercebeu que tinha os sapatos sujos de terra e molhados, começou a choramingar. E os seus olhos diziam: "mas isto não é suposto estar assim...", dissemos-lhe que ali podia, que não fazia mal, que podia brincar e sujar-se à vontade. Ele olhou novamente para os seus pezinhos, e riu... saltou na água e riu. E isto é ser feliz. É ser criança.]

"A portrait of my children, once a week, every week, in 2015"

4 comentários:

  1. As crianças são tão felizes com pequenas coisas! Esta foto fez-me lembrar isso mesmo. Em como ser criança é sentir-se livre e feliz com muito pouco, mas de uma forma tão genuína que transparece. :)

    ResponderEliminar
  2. O maravilhoso de ser criança e feliz =)

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016