23 de setembro de 2016

Diferenças entre apartamento e moradia.

Estando o maridão fora, conseguir tratar sozinha dos dois de manhã. Sem choros, sem stresses porque estão presos algures (o medo das muitas escadas era muito). Hoje, brincaram, comeram, arrumamos os quartos e saímos de sorrisos nos lábios. Não desci 3 andares de escadas com os dois ao colo, não subi duas e três vezes as escadas que separavam a cozinha dos quartos. Não cheguei ao trabalho com a sensação de ter corrido uma maratona. Deixei a casa em ordem. Oh vida boa! 

11 comentários:

  1. Fui passar ferias numa moradia com escadas e esse pormenor também tornou a coisa cansativa. O que me deixou a pensar. Temos que mudar de casa e a ideia sempre foi uma moradia. Depois destas férias começo a achar que nao sou mulher de moradias.

    ResponderEliminar
  2. Fui passar ferias numa moradia com escadas e esse pormenor também tornou a coisa cansativa. O que me deixou a pensar. Temos que mudar de casa e a ideia sempre foi uma moradia. Depois destas férias começo a achar que nao sou mulher de moradias.

    ResponderEliminar
  3. Um Mundo a Três demorei 1 ano para perceber isso: que não sou pessoa de moradias. Custou-me horas d sono, horas de descanso e muitas lágrimas de cansaço. Mas agora estou muito feliz com a nossa decisão. Sou uma mulher muito mais pratica e para mim um bom apartamento é tudo.

    ResponderEliminar
  4. Eu também sou mulher de apartamento! 😬

    ResponderEliminar
  5. Pois realmente não deve ser mesmo nada fácil, sobe e desce com eles. Fizeram vocês muito bem! Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Precisavas mesmo de mudar de casa. Eu confesso que quando passo por aquelas moradias todas xpto, agora penso muito em ti. é um facto que olho para elas e penso "uau, que sonho" mas as tuas reflexões sobre a mudança de casa fazem muito sentido para mim. Passei a ver o mundo no que a casas diz respeito de outra forma.

    ResponderEliminar
  7. A Pimenta* sei que cada família é diferente mas quanto a mim acredita que me custou muito adaptar e o meu cansaço com os dos numa casa tão grande era demais. Não sorria e só sentia que vivia para a casa. Para mim, para nós não deu. Estamos muito mais leves e felizes.
    Ou era isso ou ter uma empregada (quase) a tempo inteiro e isso também não é para mim.

    ResponderEliminar
  8. Eu sou fã de apartamentos, admito. Tenho quatro gatas... o meu rapaz está sempre a dizer que queria alugar uma casa, mas eu tinha imenso medo que elas fugissem!!

    ResponderEliminar
  9. Agora que li esse post sobre a mudança de casa para apartamento fico a pensar, porque estamos prestes a avançar para a compra de uma casa de 3 andares ainda que esse pormenor nunca tenha sido do meu agrado. O ponto positivo neste caso seria de sair da cidade e ir para uma vila pequena e termos um jardim para as crianças...

    ResponderEliminar
  10. Uma mudança que só vos está a fazer bem!
    Que bom!

    ResponderEliminar
  11. Já eu, que vivi parte da minha vida em vivenda, com imenso espaço à volta, anseio por poder voltar. Cansam-me os apartamentos no meio da cidade, os sons dos vizinhos e, acima de tudo, a falta de verdadeiro ar livre. Mas quero uma térrea ou, na loucura, com um andar. O meu pai vive numa de três andares e sei bem o que custa (e descer as escadas cheia de sono? ) :) Felicidades na nova casa

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016