26 de março de 2017

Crescer. Festas de amigos.

Príncipe Diogo. ♥
Este pequeno grande herói está a crescer. Ontem aos 4 anos e quase 5 meses teve a sua primeira festinha de amigos. Até à data, e apesar de quando em vez trazer na mochila convites para festinhas de aniversário de amiguinhos da escola, nunca se tinha proporcionado ele ir, nem ele tinha mostrado particular interesse em ir. Acho que para ele cantar os parabéns na escola com os colegas que faziam anos já por si era a "festa". Até esta semana, que recebeu um convite para uma festa de aniversário do Faísca, em casa de um amiguinho. Não descansou enquanto não falei com a mãe e com o pai do amigo porque insistiu que tinha de ir. E lá foi ele, de olhos radiantes e de sorriso feliz. A perguntar se nessa tarde não ia dormir, como habitualmente, e se podia ficar lá até ao fim. E ficou, e eu fiquei do lado de fora a contar todos os minutos. E ele portou-se como um crescido e veio de coração cheio. Este príncipe crescido que de um momento para o outro lá se convenceu que deve pintar dentro dos contornos e que a mamã e o papá até tinham razão em todas as vezes que diziam que devia pegar bem no lápis, que como pegava não era correto e não dava jeito nenhum. Aos 4 anos e quase 5 meses começou finalmente a pegar no lápis e nos marcadores e a ter o prazer de pintar. Cresce todos os dias este bebé grande. Todos os dias.

7 comentários:

  1. E a nós enche-nos o coração cada marco na vida deles :)

    ResponderEliminar
  2. Que bom! Lembro-me de adorar ser convidada para festinhas! <3

    Um beijinho dourado

    ResponderEliminar
  3. O T. já recebeu alguns convites, mas até agora as mães convidaram-me sempre. Quando tiver que ir sozinho não sei como irá correr. Está um crescido o D.

    ResponderEliminar
  4. É um gosto enorme vê-los crescer, mas tenho que confessar que às vezes desejo que o tempo pare só um bocadinho para poder tê-lo assim, pequeno, por mais um tempinho. Mas claro que fico feliz por cada acontecimento importante. E este ano, o meu príncipe terá um: a entrada na escolinha. Ai, ai...
    ;)

    ResponderEliminar
  5. Hoje em dia, os miúdos começam a ter uma agenda social bem preenchida :) Falando por mim, que faço festas de aniversário para miúdos, começo a perceber que quem não faz festas acaba por se sentir triste porque todos os colegas fazem uma celebração para os amigos. Mas trabalho com um público mais velhinho, a partir dos 6 anos. Aos 4 anos, acredito que uma festinha em casa, com os amigos mais próximos, é mesmo o ideal.

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016