17 de maio de 2017

Vídeos. Internet. Ética e valores ou a falta deles.

Sim, também me cruzei com as notícias sobre o alegado abuso de uma rapariga num autocarro do Porto. Sim, também me cruzei com o vídeo e sinto-me completamente enojada. Ainda não me recompus. Sei que os valores andam atualmente pelas ruas da amargura. Sei que os jovens fazem disparates daqueles que não imaginamos ser possíveis, mas que todos sabemos que acontecem. Sabemos todos que na idade da parvalheira os “jovens ficam sem cérebro”, que erram e que em grupo se excedem. Mas caramba, estes jovens já nasceram nesta era digital e sabem que o que vai parar à internet jamais sai de lá. Sabem que estas partilhas têm repercussões inimagináveis. O que no nosso tempo era o “diz que disse” na escola, hoje o “diz que disse” em menos de três cliques sai dos portões da escola e chega a todo o país. Partilhar vídeos deste teor? É crime e tem de se apurar responsáveis. Nunca mais a rapariga se recompõe. Nunca mais se esquecerá. Nunca mais a sua vida será igual, digam o que disserem. Custa-me também pensar nos pais, quer da jovem, quer daqueles jovens que assistem aos berros sem nada fazer. Estou sem palavras. 

Já nem falo na comunicação social que sem pudor, sem decência ajuda na divulgação e partilha o vídeo. Um nojo.

7 comentários:

  1. Não sei do que falas, mas Parece-me algo verdadeiramente assustador! Eu acho que os adolescentes não têm muitas vezes noção da real repercussão das suas atitudes, e hoje com a Internet tudo se divulga com demasiada facilidade

    ResponderEliminar
  2. Subscrevo na íntegra. Acho inacreditável, uma vergonha. Chocou-me muito ver/ouvir os outros a cantar e "aplaudir" sem nada fazer, nem sequer as raparigas presentes disseram uma palavra. Muito triste. Espero que as pessoas envolvidas sejam responsabilizadas, e que o CM (que partilhou o vídeo e como tal contribui para a desgraça da jovem) também.

    ResponderEliminar
  3. Com tanta divulgação, nem quero imaginar como está a cabeça daquela jovem.

    ResponderEliminar
  4. Estou como tu... Completamente enojada com o vídeo e toda a situação em si. E vou mais longe: acho que os dois sabiam muito bem que estavam a ser filmados. Pode ter sido impressão minha, mas pareceu-me que sim. No meio de todos aqueles gritos, eles nem se mexerem, nem viraram a cara? Provavelmente não queriam ser reconhecidos...
    Mas, bom, de qualquer forma, acho que depois de tanta divulgação e polémica, ninguém deve estar a sentir-se bem...
    É uma situação muito triste e deixa-me a pensar que geração será a do meu filho... :|

    ResponderEliminar
  5. Não vi, nem tenho muito interesse :( é triste...

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016