13 de dezembro de 2017

3 séries Netflix.

Demorei a entrar no espírito Netflix, mas agora não quero outra coisa! E a verdade é que é um vício: ter uma imensidão de séries, filmes e documentários sempre prontos em qualquer hora em qualquer lugar sem me preocupar com download e legendas é coisinha para me deixar feliz.
Estes dias tenho estado por casa, uma crise de sinusite aguda e uma infecção respiratória e dores de garganta têm me deixado de rastos, e a netflix tem me feito muita companhia. Mas a verdade é que as minhas opções no que toca a cinema e televisão nunca são as mais óbvias. Aqui ficam 3 exemplos do que ando a ver. Podia ter-me dado para pior, certo?

Mulheres Assassinas com Piers Morgan | Netflix 



É uma série documental e saber que isto é real torna tudo ainda mais assustador. O jornalista Piers Morgan entrevista um conjunto de mulheres com carinhas larocas mas que cometeram crimes horrendos. Só o primeiro caso da primeira temporada deixou-me parvamente incrédula. Uma jovem de 16 ser capaz de magicar um crime onde assassinou mãe e dois irmãos menores, o pai não foi por sorte, é algo que ultrapassa a barreira do que consigo perceber. Além de conhecer os casos e desta curiosidade mórbida eu gosto é mesmo de perceber o caminho seguido pela policia e pelas investigações e tentar decifrar a mente destas pessoas capazes destes crimes que as nossas mentes se recusam sequer a conceber quanto mais perceber.

Stranger Things | Netflix 


Gosto de séries e filmes sobre o sobrenatural. Mas não gosto de monstros e cenas com bichos irreais. Esta série começou lindamente, passa-se nos anos 80 e todo o ambiente me faz lembrar o filme ET, os miúdos, as bicicletas, a aldeia... adoro! Bem mas tudo começa com o desaparecimento misterioso de um rapaz, uma aldeia em sobressalto, e todo o suspense de que aprecio muito nestas séries. Mas lá para o meio entraram os monstros e os seres estranhos e comecei a desinteressar-me. Vi a primeira temporada assim de rajada mas estou a pensar seriamente se avanço ou não para a segunda.

Designated Survivor | Netflix 

O sobrevivente designado é uma série sobre terrorismo e política. Na sequência de um enorme ataque terrorista ao capitólio os EUA viram-se sem presidente e sem todos os seus governantes. E é nesse caos que o "sobrevivente designado" é chamado a comandar o país. Esta figura da política americana torna-se presidente de um dia para o outro.
Kirkman é um homem leal e íntegro e são esses ideais que quer levar para a Casa Branca. Este homem simples tem o comando do mundo, e quer fazer política com o coração. Conseguirá? esta série prendeu-me atenção desde o primeiro minuto. 

4 comentários:

  1. Já ouvi maravilhas sobre a Netflix mas não temos nada disso cá em casa. E não sei se é bom ou mau: como o tempo escasseia por estes lados, acho que não íamos dar a devida utilização a esta poderosa ferramenta.

    ResponderEliminar
  2. Também aderi à Netflix há pouco tempo. Estou a ver Stranger things e apesar de ter todos os ingredientes para eu não gostar- ficção e terror - tem me conseguido prender. Tenho uma dificuldade grandes em ver séries à noite porque fico cheia de sono mas com esta não dá para isso 😂!

    ResponderEliminar
  3. O Netflix é um mundo. Não há dia em que a gente não use cá em casa. Andamos a ver a Designated Survivor e a The Crown :)
    Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  4. Fiquei curiosa!! Ontem comecei a ver Peaky Blinders, tenho que admitir que viciei e amanhã já devo ter terminado a série xD

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016