21 de julho de 2018

Casa nova. Vida nova.

Já passou o tempo em que eu receava e temia mudanças. Por exemplo, depois desta experiência, e desta, a mudança de casa deixou de me assustar. E quando as mudanças são para melhor, mudar só pode ser uma coisa boa. E setembro, além de escolas novas, da entrada no 1.º Ciclo do meu pequeno grande Diogo, setembro vai ser o mês de mudança de casa. Após 2 anos e uns meses de espera o nosso apartamento está quase, quase finalizado. A ansiedade agora começa a ser muita!
E eu acho que lá vamos ser muito felizes. E por aqui, os posts sobre casas, e decoração vão aumentar. :)

7 comentários:

  1. Vai correr tudo bem, de certeza ;)

    ResponderEliminar
  2. As mudanças são sempre bem vindas! Boa sorte e bons novos ares na nova casa ! Quero ver muita decoração aqui.
    Desejo um bom domingo e uma excelente semana.
    Blog DMulheresInstagram

    ResponderEliminar
  3. Uma pergunta genuina apos ler os varios posts q eu nao percebi:se o problema da moradia era ser grande e ter escadas porque nao fazer uma moradia pequena e terrea? O que é que conseguem ter num apartamento que nao têm numa moradia?

    eu ja morei em apartamentos e moradia. Estou neste momento a construir uma moradia pequena terrea, com 190m2 de area de habitacao, e 60m2 de garajem/arrumos. Para algumas pessoas dizem q é pequena, para nós é o ideal. É como ter um apartamento, mas assim nao tenho vizinhos/barulho, condominio e tenho jardim e privacidade.

    Fico realmente confusa com quem diz q nao gosta de moradias por serem grandes e terem muitas divisoes p limpar, entao facam-nas pequenas. Outra coisa sao as pessoas q nao gostam mesmo de moradias porque nao gostam de jardim ou acham os apartamentos mais seguros em termos de assaltos; aí eu posso nao concordar mas compreendo a logica dos argumentos. No vosso caso realmente nao compreendo ou entao nao percebi bem os posts.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá anónimo. Compreendo perfeitamente a questão e a dúvida. E digo-lhe que se tivesse oportunidade de comprar um terreno e construir de raíz uma moradia térrea, com terreno como a que descreve era o que faria. Mas isso não é sequer hipótese por aqui, porque: 1 - comprar um terreno no Porto iria custar-me os olhos da cara; 2 - construir uma moradia térrea e com terreno circundante iria custar-me outro tanto. 3 - para o conseguir fazer teria, certamente, de afastar-me muitoooo do Porto. E sendo assim as minhas hipóteses são apenas comprar uma moradia já em construção-construída ( e as que encontrei eram semelhantes à minha com mais de 2-3 pisos), ou comprar um bom apartamento e, tentar fazer adaptações ainda em planta e escolher os acabamentos, mantendo-me na minha zona de conforto. Esta foi a opção que acabei por fazer.

      Eliminar
    2. Ok, entendi. Eu sou de uma pequena cidade no distrito de coimbra, portanto aqui é super comum comprar terreno e construir. Mas nas grandes cidades como o Porto certamente é diferente. Obrigada pela resposta.

      Eliminar
  4. Entrem com o pé direito!
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Vai correr tudo pelo melhor, vais ver! :)

    ResponderEliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016