23 de maio de 2018

Casa nova e escola nova. Visitar a escola, sim ou não?

Estou numa fase da minha vida muito importante, e muito exigente a nível pessoal e familiar. A minha cabeça anda a mil e sinto-me inundada de coisas pendentes. As duas tarefas mega gigantes que estão pendentes e me ocupam a mente são: 1. a casa nova e 2. a escolha da nova escola dos príncipes.

1. A nossa nova casa está quase, quase pronta e andamos aflitos a escolher os últimos pormenores para que nada falhe. Com estas escolhas boas, surgem sempre algumas dores de cabeça claro, e também é preciso começar a pensar no crédito habitação e na análise da imensa papelada associada.

2. Depois, e a tarefa que me tem tirado o sono é a escolha da escola dos meus príncipes. A decisão de inscrever o Diogo no 1.º ciclo está quase, quase tomada e ando na fase de visitar (ou tentar) visitar algumas escolas do 1.º ciclo da nossa área de residência para tentar ordenar as nossas escolhas. Esta coisa de visitar as escolas é bastante comum nas escolas privadas que, pelo que sei, algumas até têm dias especiais para receber estas visitas mas, e pelo que me estou aperceber na escolas públicas a coisa é mais complicada! Aos meus pedidos de visita já tive variadíssimas respostas: portas abertas, ordem para visitar apenas quando o 3.º período terminar, pedidos que andam a passar de pessoa em pessoa e eu continuo sem conseguir falar com alguém responsável, e outros tantos pedidos estão, para já, sem resposta. Mas a sério... sou só eu? Alguém consegue inscrever um filho numa escola sem conhecer a escola primeiro?! Sem sentir o cheiro, o ambiente, as pessoas, o espaço?! 
Ando com um nó na garganta com esta indecisão. Nem consigo explicar. 

10 comentários:

  1. Por aqui, nunca houve opção de escolas privadas. Tanto quanto sei, não é prática habitual das públicas deixar os pais visitar a escola. Eu inscrevi-o na que era mais perto de casa, que é o que acontece aqui habitualmente, os miúdos frequentam as escolas primárias por área de residência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cyntha, aqui tb frequentamos as escolas por área de residência. Mas aqui onde vivo no espaço de 1 km quadrado tem 3 escolas. E pertencemos às 3. Daí a minha dúvida. :)

      Eliminar
  2. Mudar de casa é uma verdadeira dor de cabeça. Quanto à escola do pequeno ainda falta um ano para mim e não sei como me vou sentir. Mas possivelmente será mais facil para mim porque há muito que sei que quero que ele vá para a escola que eu frequentei, até porque no dia a dia vai ser muito mais pratico para conseguir deixar/buscar os três sem grandes stresses. Decidas o que decidires vais ver que tudo vais correr bem :) Força.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que corra Tudo bem Um Mundo a Três. Estas decisões são muito complicadas. E além de colocar o mais velho no 1.º ciclo vou inscrever o mas pequeno na pré. Ou seja, vai ser um ano de grandes mudanças! :)

      Eliminar
  3. Trabalho na área do ensino e pelo que me vou apercebendo quando falo com os pais, estes não fazem visitas às escolas quando estas são públicas. Mas sinceramente, acho que a tua postura é a melhor, sem dúvida. Escolher uma escola para um filho é daquelas decisões que acredito que dão mesmo para perder horas de sono. É uma decisão demasiado importante. O problema é que as escolas públicas, apesar de tudo, não estão "abertas" a este tipo de iniciativas. E claro está que depende dos professores líderes em cada escola: há uns que são muito acolhedores, e outros que são o oposto.
    Por aqui, como é que os pais decidem? Pedem por norma opiniões a pessoas que cá tiveram lá os filhos. No teu caso, não sei se te é fácil conhecer pais que já tenham tido os filhos nas escolas que pretendes conhecer.

    ResponderEliminar
  4. Não dá para inscreveres nas 3 e depois logo vês?
    Eu tinha lata para andar a perguntar pela vizinhança. Lol

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente as escolas públicas ainda são muito fechadas à população. Algumas delas mal deixa entrar os pais dos alunos e as crianças têm que ser entregues ao portão. Faz falta mais humanidade. Afinal de contas estamos a lidar com crianças e os seus pais. Continua a insistir, tens todo o direito de visitar as escolas.

    ResponderEliminar
  6. Não sou professora de 1º ciclo, mas sou educadora responsável por um Jardim-de-infância deste nosso país. Quanto às visitas, seja para conhecer, seja para conversar o "meu" espaço está sempre aberto!Às vezes sou eu mesma que os mando entrar para irem buscar o filho à sala.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é de louvar doida. Terem sempre as portas abertas. :)

      Eliminar
    2. Não há nada mais compensador para mim, do que os Pais verem os filhos felizes na escola!!!!

      Eliminar

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016