30 de novembro de 2014

Coisas que penso.

O presente que mais me dá satisfação receber no Natal é roupa… mas este ano... grávida... não consigo sequer colocar essa hipótese. Neste momento, às 21 semanas, o meu tamanho é M/L quando normalmente é S/M. E optei por nem sequer experimentar nada para não ficar frustrada. Nem vou estar a investir em mais peças de tamanhos que não são o meu pois espero por esta altura no próximo ano já estar novamente “em forma”. 

Balanço:
Início de gravidez: 50 kgs
21 semanas: 54 kgs

O Natal chegou cá a casa! Ho ho ho!

© http://tresquartosdetudo.blogspot.pt/
© http://tresquartosdetudo.blogspot.pt/
© http://tresquartosdetudo.blogspot.pt/
© http://tresquartosdetudo.blogspot.pt/
E não há casa que não fique mais acolhedora nesta altura do ano. :)

26 de novembro de 2014

Menino ou menina?

Para a semana vou fazer a ecografia morfológica e a probabilidade de vir a descobrir o sexo do pequeno bebe-fofo que trago dentro de mim é grande. E se, logo que engravidei as vozes à minha volta se levantaram com palpites: “vem aí a menina”, “agora é que vai ser”, “se vier menina é perfeito”, “um casal é que era”,… agora com a aproximação da ecografia as vozes e os palpites intensificaram-se. E a verdade é que tento compreender, mas não gosto nada de ouvir esta tendência forçada para menina. Eu gostava de ter uma menina, não nego. Mas o palpite neste momento é para rapaz. E tenho receio de, com esta “pressão” toda não conseguir reagir\digerir a notícia de outro rapaz. Não há cá situações perfeitas, há sim filhos perfeitos, sejam eles meninos ou meninas. A ver vamos.

25 de novembro de 2014

Pai Natal estás aí?


«Estávamos juntos há oito meses quando decidimos partir para o outro lado do mundo. Após uma primeira novela juntos, embarcámos na nossa primeira grande aventura a dois e ficámos fora quase quatro meses: Tailândia, Cambodja, Filipinas, Malásia, Vietname e, ainda, um pulinho à Austrália. Levámos apenas uma mochila às costas, uma viagem de avião e uma noite de hotel marcadas. O resto deixámos nas mãos do acaso. Houve coisas que correram bem, outras nem por isso. Descobrimos uma das praias mais bonitas do mundo, dormimos num hotel de prostitutas, nadámos com um tubarão-baleia e quase nos perdemos no meio do mar. Apanhámos sustos de morte e fizemos amizades para sempre. Nesta viagem, conhecemo-nos um ao outro, verdadeiramente, nos bons e nos maus momentos, esperando que a vida nunca nos separe.»

Este livro desperta-me sonhos, e uma tremenda curiosidade. Não apenas por simpatizar com os protagonistas mas principalmente porque adoraria um dia fazer uma viagem destas com a minha pessoa. Quem sabe... um dia!

24 de novembro de 2014

Caso Sócrates.

Não gosto de falar de política, mas a verdade é que mais do que qualquer outro tema, este diz-nos respeito a todos de uma forma direta. Todos os meses desconto do meu ordenado (que tanta falta me faz!) taxas e mais sobretaxas que dizem alguns vão ajudar o país a sair do buraco em que se meteu. Eu não sei quem é o culpado, certamente que não há um só culpado mas que a justiça conseguiu surpreender-me e dar um primeiro passo isso não posso negar! Quem acreditaria há uns meses atrás se eu dissesse que um ex-primeiro ministro português ia estar neste momento em prisão preventiva? Ninguém! E sim, não sou daquelas que consideram o senhor um coitado e uma vítima indefesa no meio deste circo. Porque há mais que lá deveriam estar, acredito nisso mas... estar lá pelo menos um (para já) é uma luz no meio do caos em que vivemos há anos.

Pai Natal estás aí?


1.ª opção: Canon PowerShot S110

ou


2.ª opção: Sony Cyber-shot DSC-830S

23 de novembro de 2014

Coisas várias e o Natal.

Preciso urgentemente de começar a orientar a lista de presentes de Natal que tenciono oferecer este ano. Por cá somos sempre muitos: tanto adultos como crianças. E apesar de já ter começado a comprar algumas coisas, começo a perder noção do que tenho e do que não tenho já comprado. Para mim comprei uma agenda toda catita que dá para personalizar com cores, folhas, bolsas e separadores, um dia destes mostro. Comprei também algumas peças de roupa que estou a ficar "sem o que vestir" uma vez que a barriga não pára de crescer. Mas como não sou pessoa de comprar peças exclusivas para grávidas, opto sempre por roupa normal mas que dê para sustentar esta barriguinha. 
Estou ansiosa pela noite de Natal este ano. Acho que o baby D. no auge dos seus 2 anos vai dar mais valor à data, apesar de ainda não perceber o que se passa adora estar em família, na brincadeira e gargalhadas com as primas. E esse é o verdadeiro espírito. 

22 de novembro de 2014

Pai Natal estás aí?


"Todos os dias é a mesma coisa, não quer tomar banho e foge aos berros da casa de banho. Hoje estávamos no supermercado e como não lhe comprei o que queria começou a espernear, aos gritos, a deitar-se no chão…. Uma vergonha! De cada vez que lhe digo que não pode ver televisão, começa aos berros e quer morder-me. A hora da refeição cá em casa é crítica, agora não gosta de nada e chora convulsivamente em frente ao prato. Num momento está muito bem, no outro não sei bem porquê desata aos gritos e a chorar… será preciso descrever mais cenários, ou o panorama, além de assustador, é bem conhecido dos leitores que todos os dias têm de lidar com as birras dos seus filhos? ... como deve actuar em cada uma delas: - Mantenha-se calmo perante uma birra…"

Acho que me vai fazer um jeitaço, pelo menos para perceber que não estou sozinha, nesta luta contra as "senhoras donas birras"!

20 semanas.


E num ápice, num abrir e fechar de olhos chegamos às 20 semanas. Estou aparvalhada com a passagem do tempo. Na primeira gravidez contava os dias, semanas e tudo parecia demorar uma eternidade. Registava cada novidade, cada sentir e cada movimento novo. Agora com a corrida louca que preenche os meus dias, não dou pelo tempo passar. E confesso que fora o cansaço, o sono e as tensões sempre tão baixas que me fazem andar quase sempre com a sensação de andar a cair, muitas vezes esqueço que estou grávida. E quando penso nesta corrida louca em que ando, dá-me ainda mais vontade de agarrar a minha barriga e mimar, acariciar o meu bebecas mais pequeno, e dizer-lhe baixinho que o amo muito e muito. Ainda a viagem vai a meio e esta gestão de mimo e atenção pelos dois filhos começa a fazer das suas, e a deixar-me com o coração pequenino. Ai a minha vida…

16 de novembro de 2014

Give someone the Christmas they've been dreaming of.


E pouco a pouco, o espírito natalício começa a dar o ar de sua graça. E a criança que há em mim, começa a sonhar! Gosto tanto de preparar o Natal e as surpresas para cada pessoa especial. Adoro as luzes, os cheiros, a decoração e o calor humano que se sente nesta altura. Adoro registar reações, momentos, sorrisos e alegrias! Que venha o Natal e tudo o que de bom desperta em nós!

15 de novembro de 2014

3,2,1,...

... aí vamos nós. Sem medos. Sem filtros. Numa viagem de palavras e imagens para mostrar, pelo menos,... 3/4 do meu mundo.

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016