22 de agosto de 2015

Férias.

Estamos quase, quase de partida para as primeiras férias a quatro. Por enquanto, prepara-se a logística e tenta-se empacotar tudo para que nada fique a faltar. Sinto-me mais prática na hora de fazer as malas, no entanto ainda não tentamos colocar tudo na mala do carro. Aí sim, se tudo ficar direitinho mereço um óscar.
Sinto-me uma miúda toda entusiasmada pela partida. Sinto-me mega ansiosa por ver o pequeno Diogo a delirar na praia e na piscina. Acho que este ano vai aproveitar e apreciar. Quanto a mim, sei que possivelmente pouco vou usufruir e ter tempo para descansar parece utópico, mas vou fazer o possível para aproveitar o máximo com os meus três príncipes. Que tudo nos corra bem. Merecemos!

Sendo assim, e porque o pc fica em casa muito bem, nos próximos dias estarei mais presente pelo Instagram. @misslilypereira

21 de agosto de 2015

Swaddles para bebés.



O Dinis aqui há dias recebeu uma prenda giríssima: um swaddle lindo de morrer. O tecido é de bambu, macio, macio que faz inveja ao mais puro algodão. Nunca pensei que tal existisse. Tem um toque tão, mas tão delicado.
A marca deste que recebemos é da conhecida Aden and Anais, e eu fiquei apaixonada pela delicadeza e versatilidade do tecido. Ora dá para o embrulhar, e aconchegá-lo, para estender e deita-lo quando vamos a casa de amigos, ao parque, no carrinho,... ora é leve e fresco no verão e bem embrulhadinho aconchegante e quentinho no inverno. Eu fiquei mesmo fã. O pai diz que é uma toalha de mesa chique. Homens.

http://www.adenandanais.com/
 Sei que no Porto se vende aqui: BabyBoom

A coragem de vestir um bikini, pós maternidade. E de o mostrar.



Pois bem, ontem foi o dia de voltar a vestir um bikini. O Diogo precisa de praia e precisa dos pais. E eu lá enfiei a vergonha num bolso e lá me aventurei a tirar a t-shirt e a ir passear com ele ao pé do mar. Não foi fácil. Digam o que disserem não me sinto bem com este corpo que após 4 meses do parto ainda não reconheço como meu. Mas não vou ficar fechada em casa. Recuso-me, não quero endoidecer. Vou usufruir das férias (as primeiras a quatro) que estão à porta. Mas apesar de querer sair, não me sinto bem. Ponto. Eu não sei como são as outras mamãs, mas amamentar dá-me uma fome de leão. E não me tenho privado de comer. Ainda ontem enfardei uma francesinha que me soube pela vida, caramba. Se calhar devia mudar isto, e começar a restringir e a mudar a minha alimentação, mas não tenho conseguido. Tenho receio de começar com dietas enquanto o Dinis ainda está com leite materno em exclusivo. Mas se calhar só estou a ser tonta e devia começar já. Acho também que desta vez (e depois de duas gravidezes no espaço de 2 anos e meio) vou precisar de mais do que uma alimentação saudável e o desporto é capaz de ter que entrar na rota cá de casa. Mas pergunto-me onde vou arranjar tempo e pergunto-me também mas porque raio é que não parando nem 30min durante o dia: ora muda a fralda de um ou de outro, e carrega o babycoque, e sobe e desce escadas, e entra e sai do carro, e pega no colo de um e agora pega no outro não ajuda a ficar com um corpinho de atleta, lindo e tonificado. Acho que depois de todo o esforço diário todas as mamãs mereciam que este se começasse a refletir no corpo, especialmente ali naquela zona da barriga que nos dá cabo da cabeça. Aqui fica a minha retrospetiva dos últimos 4 anos, no que à forma física diz respeito. Preciso de motivação para voltar à forma de 2011. Nas fotos de 2012 e 2014 estava grávida e por isso estava linda, no melhor de mim. :)

20 de agosto de 2015

Viagens: Nova York





E andava eu a organizar fotografias da nossa viagem a Nova York, e a planear o álbum digital e inevitavelmente comecei a sonhar. Não há viagem que tenha gostado tanto quanto esta. Foi sem dúvida a nossa viagem de sonho. Adorei tudo. Tudo mesmo e não ficou nada aquém das nossas expectativas. Aproveitamos tanto em 10 dias maravilhosos. Mas um dia haveremos de voltar... A quatro.

17 de agosto de 2015

Os dias cá por casa.

Às vezes sinto-me perdida, confesso. Nem tudo é sorrisos nesta coisa de ser mamã de dois a tempo inteiro. Lembro-me de estar na maternidade após o nascimento do pequeno Dinis e pensar que ia aproveitar o melhor que conseguisse esta licença de maternidade. Ao contrário do primeiro parto, neste recuperei super rápido. No próprio dia se me tivessem dado alta da maternidade teria vindo pelo meu próprio pé embora, na boa. No entanto, e após estes primeiros 4 meses o balanço é claramente positivo mas… sim mas… não foi tão fácil como imaginei. Ter ao meu cuidado dois bebés… torna-se muitas vezes caótico. O Diogo, por opção nossa, ainda não está na escola. Assim com dois não foram poucas as vezes que dei por mim a chorar, com estas hormonas todas descontroladas e a sentir no corpo um cansaço extremo. (Estou com uma dor de costas que faz inveja a avós de 90 anos!) 
Tenho a sorte de ter uma mãe fantástica que me tem ajudado tanto mas tanto que não sei como retribuir. Depois também tenho um marido para lá de fixe que cuida de mim e dos nossos melhor do que ninguém. (Obrigada P, dá um desconto aqui à mamã, as hormonas são lixadas!) 
Estar sozinha com os dois é um desafio constante, há momentos que fico de coração do tamanho de uma ervilha. Quando estou a dar de mamar e o Diogo pede a minha atenção. Quando o Diogo quer colo e o Dinis está a berrar desalmadamente por atenção. Quando o Diogo quer brincar aos popós e aos legos e não consigo que o Dinis fique em lado nenhum a não ser no colo. Quando o Diogo quer que o adormeça com mimos e histórias e o Dinis resolve acordar a chorar nesse mesmo instante. Quando tenho de sair com os dois, e mais sacas e mais fraldas e mais brinquedos e mais mudas de roupas. Depois, bem... depois há os outros momentos em que o meu coração transborda de tanta felicidade. Nestas e noutras alturas sinto-me bipolar. Tanto me derreto com os sorrisos e gargalhadas como no instante seguinte me apetece fugir. Estar com dois, tentar não falhar com nenhum e ao mesmo tempo, ter de gerir atenções e não falhar com mimos e colos não é fácil!
Mas uma coisa é certa, estou a fazer o meu melhor e se há coisa que não me vou arrepender é de não aproveitar estes dias com eles. Com sorrisos, com choros, com gargalhadas ou amuos (deles e meus, que todos temos direito) estes dias junto dos príncipes são inesquecíveis. Um dia vou ter saudades. Tenho a certeza.

16 de agosto de 2015

Baba, baba... e mais baba.


Agora é mãe e filho a babarem-se por diferentes motivos, claro está. A minha baba por estes dois príncipes é imensa e não tem solução. Quanto à baba do pequeno Dinis estamos a tratar disso! Carregamento de brinquedos, para aliviar as gengivas, chegou cá a casa!
Quem disse que um segundo filho não tem direito a presentes? :)

32/52 de 2015


A semana passada foi marcada pela estreia da época balnear 2015, quer na praia e também na nova piscina lá de casa. E é preciso tão pouco para fazer os pequenos felizes. O Diogo delirou. E o coração aqui da mamã babou. O Dinis ficou a ver e eu a imaginar quando forem os dois a brincar. Sou feliz se os vir felizes. Sem dúvida que estes dois seres são a minha vida. A minha vida. A minha prioridade, sempre.

"A portrait of my children, once a week, every week, in 2015"

15 de agosto de 2015

Vacinas e febres.

E pronto.. alguma vez tinha de ser... ou não... que também viviamos bem sem febres e desconfortos. Mas desde ontem que temos o mais novo com febre pela primeira vez, e nariz entupido. E fica aflito, aflito que dá dó vê-lo assim. Mas nem assim este bebé chora, apenas resmunga, queixa-se e pede colinho e miminho. E o que custa vê-lo assim. 

13 de agosto de 2015

Verão. Praia e mãe de dois.

Eu e o Diogo
E pensava eu que seria relativamente fácil cuidar de dois bebés e ao mesmo tempo usufruir do verão e da praia que tanta falta me faz. Não podia estar mais enganada. No auge dos seus 2 anos e meio (a passar muito) o Diogo além de querer (e com razão!) muita atenção, está na idade que não anda... corre. E corre ainda mais... e mais... E sobe, e desce... e foge... e as pilhas não terminam e é uma canseira só de olhar. Depois tenho o Dinis que no auge dos seus 4 meses não deve fazer praia... e resulta na linda embrulhada de ter um na esplanada e outro à beira mar. E se não fosse a avó bem que praia este ano só em sonhos. E assim lá tenho eu passado as manhãs...ora caminhadas de carrinho à beira mar com o Dinis, ora correr para a areia e brincar com os pés na água com o Diogo... 
Quem disse que ser mamã de dois era fácil? Eu não fui!! Mas sou eu que digo que apesar de não me aguentar das costas, de não dormir há 4 meses tenho a maior sorte do mundo!! Há coisas do caraças não é?! ;)

11 de agosto de 2015

Praia. Maternidade. Gelatina.

Ontem vesti pela primeira vez um bikini após 4 meses do parto e rumei à praia logo pela manhã com os dois príncipes e avós. Mas meus amigos, quero o meu corpo pré-maternidade de volta! Ando a ficar "paranóica" com a barriga gelatina! Quero ver onde vou arranjar coragem para ir de férias e andar a passear este corpinho que não é o meu! Recuso-me a que seja o meu. Quero o meu de volta!!

8 de agosto de 2015

4 meses. ♥


Já sorris muito e dás gargalhadas deliciosas quando brincamos contigo. Gostas de atenção e quando falamos para ti sorris logo. És um bebé doce, muito simpático que sorri para toda a gente que se aproxima, às vezes a mamã fica com ciúmes porque gosta que os sorrisos sejam só dela. Mas logo depois pensa na sorte que tem em ter um bebé assim tão feliz. Continuas calmo, e cólicas até hoje contam-se pelos dedos de uma mão, e quase todas se deveram ao sushi que a mamã comeu. Vá se lá entender porquê. Gostas de mamar dia e noite, e ainda não dormes a noite toda, nem perto disso. De 2 em 2h ou de 3 em 3 horas lá estás tu a dar sinal. Mas não choras, és um bebé que praticamente não chora. Não gostas de chupeta e a mamã bem que tem insistido. Ultimamente a mamã tem pensado em dar-te um biberão de leite de lata à noite a ver se acalmas e dormes mais satisfeito. Mas já lhe disseram muitas vezes para resistir e não dar, e a verdade, é que lhe custa muito não dormir mas os momentos de cumplicidade que tem contigo nesses instantes enchem-lhe o coração.

A melhor compra na gravidez.


Esta foi, sem dúvida, a melhor compra que fiz na gravidez: a plataforma Bumprider. O Diogo adaptou-se facilmente e mal sai do carro pede o seu "skate". Com isto torna-se um bocadinho mais fácil controlá-lo quando saio com os dois. É super prática. podemos fechar e abrir o carrinho sem ter de a tirar. No entanto, se a quisermos tirar é super fácil de tirar e voltar a por. Por vezes, quando saio só com o Dinis tiro-a e deixo-a na mala do carro, pois é mais fácil e menos cansativo manobrar o carrinho sem ela. 
Mas sem dúvida, que valeu cada cêntimo! Adoramos e está mais do que aprovada! 

7 de agosto de 2015

Bebés, sono, noites.

Ai que as noites custam tanto.... acordar e dar de mamar, acordar e dar de mamar, acordar e dar de mamar... e mais uma volta... acordar e dar de mamar... quando me vais dar descanso pequeno príncipe? 
Eu não funciono sem dormir, e já são quase quatro meses de privação de sono... esta é sem dúvida a parte que me custa mais, caramba.

[A tentação de dar um biberão de LA é tanta mas tanta... se eu tivesse a certeza que resultava e lhe esticava o sono durante a noite, era já...]

6 de agosto de 2015

À procura de um jardim de infância... Analisar outras perspetivas.

Ser mãe é...

... ser acrobata! Principalmente nos momentos depois de adormecerem ao colo (ou a mamar) e os tentamos deitar muito devagarinho e nos contorcemos todas para tentar que não percebam que o deitamos no berço e que já não estamos ali. Estou a ficar uma ginasta que não vos digo nada.

4 de agosto de 2015

31/52 de 2015



A foto que marca esta semana só podia ser a descoberta do novo espaço pelo príncipe Diogo: o terraço da "canova" (= casa nova) como ele próprio diz.
Este fim de semana ficou registado para a posteridade as primeiras brincadeiras e a primeira "futebolada" entre pai e filho na nova casa. Ficaram deliciados.
Que a vida nos sorria muito neste novo espaço, é só o que desejo.

"A portrait of my children, once a week, every week, in 2015"

3 de agosto de 2015

30/52 de 2015



A foto da semana passada tinha de ser do Portugal dos Pequenitos. Porque sim. Porque o Diogo delirou. Porque foi a nossa primeira viagem a 4.

"A portrait of my children, once a week, every week, in 2015"

2 de agosto de 2015

Eu pelo instagram... (Finalmente, na casa nova.)

Pormenores exteriores. Quarto das brincadeiras. Primeiro jantar.
Pormenor do meu cantinho.

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016