30 de abril de 2016

Somos 100.

E como diz o meu pequeno D. "100 é muito"! E por isso muito obrigada por estarem desse lado a fazer-me companhia! 

25 de abril de 2016

Finalmente tivemos Primavera!


E a maravilha que é ter um fim de semana de 3 dias. Tão mas tão bom.

Liberdade.


Tão (aparentemente) simples. Tão essencial.

24 de abril de 2016

Desabafo.

Às vezes sinto-me tão perdida, tanto no papel de mulher, como no de mãe. Mas tão perdida, tão presa a receios e a medos. Achava-me mais corajosa. São muitas as vezes que penso que no dia que nos tornamos mães a nossa cota parte no que se refere a correr riscos, partir à aventura, aceitar desafios sem ter certezas quanto ao futuro, sem pensar em "ses" e mais "ses" esvazia-se consideravelmente.

21 de abril de 2016

Sestas e o bem que lhe faz.

5.ª feira é o meu dia de ir buscar o mais velho à escola. É o único dia que passa lá praticamente o dia todo e isso faz com que consiga ser eu a ir. Em todos os outros vai de manhã, almoça e vai para casa da avó após o almoço. Brinca, dorme a sesta e desfruta dos mimos que tão bem lhe fazem. Mas às quintas-feiras fica na escola de tarde porque frequenta uma atividade extra. Resultado: não dorme a sesta. Consequência: birras atrás de birras. 
Fui buscá-lo às 17:30h, são 19:00h e ainda não parou de choramingar\berrar\fazer birra - o que quiserem - por mil e dois motivos tão graves como: “mamã não quero sair do carro”, “mamã quero colo” (quando tenho o príncipe mais pequeno no colo e mais 352356 sacas a tira colo), “mamã onde está a roda do meu popó verde?” (roda que está desaparecida há meses!), “mamã quero água”, “mamã não quero água”, “mamã não quero tirar o casaco”, “mamã estou a suar cheio de calor” (com o casaco vestido!), ... ai que é preciso de tanta paciência! Mãe sofre!

As sestas cá por casa são um bem essencial para a nossa sanidade mental. É daquelas coisas que achamos fundamental e juro que não consigo compreender como grande parte das escolas já não põe os pequenos a fazer a sesta nesta idade... 3 anos? A sério, que é só o meu que precisa de dormir a sesta?!

20 de abril de 2016

Sentires bipolares.

Ando com uma enxaqueca há dois dias e já não tinha memória de uma dor assim tão forte. Pensando bem acho que desde que o Dinis nasceu que é a primeira vez que tenho. Tantas noites mal dormidas e eu sempre sem dores de cabeça deste calibre, só pode ser mais um milagre da amamentação. É isso, vou pensar que sim. Mas bem, hoje não me aguento com dores e optamos por deixar o meu pequenino príncipe a dormir na avó. E não é que em vez de descansar (o que eu sonhei por uma noite inteira de sono!) só penso nele e na falta que me faz? Saudades vs sono e descanso,... saudades vs sono e descanso... Oh vida... que isto de ser mãe torna-nos bipolares.

17 de abril de 2016

A cor dos meus dias.













Este fim de semana houve uma ida ao supermercado e pela primeira vez enfiamos os dois no carrinho. Portaram-se lindamente e soube mesmo bem andar com eles e vê-los em sorrisos cúmplices. Houve sushi. Tão mas tão bom, que por mim comia todos os dias. Houve plasticina, muita plasticina. Não faltou, também, muita brincadeira com playmobil, com o Mickey e seus amigos. Foi um fim de semana bom. Cada vez mais os dias normalizam, eles brincam mais os dois e são capazes de se entreter por mais de 10 minutos sem nos chamar. Ter um espaço seguro, para eles darem asas à imaginação foi das melhores opções que tomamos nesta casa. O quarto de brincar ao lado do nosso escritório é um oásis cá em casa e um descanso para nós. Foi uma aposta ganha.

16 de abril de 2016

O que se passa com a amizade?


A super bock acerta sempre na mouche!

12 de abril de 2016

A festinha do 1.º aniversário. Detalhes.


E assim aconteceu mais uma festinha cá por casa. Foi tudo preparado e construído com muito carinho aqui pela mamã. :) E sim, aqui as festas são feitas no próprio dia de aniversário seja dia de semana ou fim de semana. Este ano não tive férias nesse dia e por isso tudo teve de ser idealizado e preparado com antecedência mas acabou por correr tudo muito bem. São dias mágicos os aniversários dos meus pequenos e eu tento mesmo passar-lhes essa magia... e fazer com que sintam o bom que é ser criança... Que venham mais dias assim felizes e mais aniversários mágicos para comemorar!

10 de abril de 2016

Um ano!




E é oficial, na passada sexta-feira o meu pequeno príncipe completou um ano! Claro que vou dizer que o tempo voou, que parece que foi "ontem", que já tenho saudades do meu bebé, que passei o dia de aniversário nostálgica e a relembrar cada minuto do dia oito de abril de 2015, claro que vou dizer e escrever isso tudo, é cliché mas é verdade. O meu bebé já tem um ano! E eu estou maravilhada! Foi um dia muito especial. Andei sempre com um brilhozinho no olhar, e tudo me fazia lembrar o dia 08 de abril de 2015, olhava para as horas e automaticamente a minha mente me transportava para esse dia... "14:30h, ui estava a dar entrada na maternidade..." "16:34h... o Dinis nasceu!"...
Este meu pequenino é um bebé super especial, simpático e sorridente e veio completar as nossas vidas, parece absurdo mas é mesmo isso. Veio completar-nos como família. Claro que não o sabíamos antes de o ter nos braços e achávamos que éramos felizes só com um mas este nosso príncipe mais pequenino veio fazer-nos sentir mais e mais família. É incrível este sentimento, não tem explicação! Este bebé trouxe-nos sabedoria, encheu-nos de sorrisos e tornou a nossa vida ainda mais colorida.
Sinto-me uma sortuda pelos filhos que tenho. E só desejo que continuem assim saudáveis e felizes. Parabéns filho lindo!

2 de abril de 2016

Porto.



Rio e Mar. Esta cidade é linda, carago! :) Estou ansiosa que venha o sol para conseguir aproveitá-la ainda mais.

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016