31 de dezembro de 2016

Bom ano, pessoas giras.

Pois é, num ápice cá chegamos novamente ao último dia deste ano de 2016. Por cá foi mas um ano de mudança e adaptação. Consolidamos e habituamo-nos a esta nova rotina como família de 4. Mudamos novamente de casa e essa foi a grande decisão deste ano que agora termina. Não foi dos anos mas fáceis a nível pessoal e familiar mas aprendemos muito e essa aprendizagem já ninguém nos tira. Para o próximo ano desejo saúde para mim e para todas as minhas pessoas, tranquilidade e alguns desejos realizados. A vocês pessoas giras desejo-vos o mesmo. Sejam felizes!
Venha de lá 2017 que estamos prontos! ♥

29 de dezembro de 2016

O melhor de 2016 lá para os lados do meu instagram.



Manhã boa é.... manhã sem febres!

E ao 29.º dia do mês de dezembro temos cá por casa uma manhã sem febres! Heeeeyyy... :) As tosses continuam, os antibióticos também mas hoje foi a primeira noite e manhã sem febres desde dia 01. Exatamente, isso mesmo! Desde dia 01, ora um, ora outro este mês tem sido dose cá por casa: otites, princípios de pneumonias, tosses,... mas hoje a manhã começou bem e o sol parece ainda mais radiante! Tá-se bem! :)

26 de dezembro de 2016

Obrigada Pai Natal. ♥




Por mais um Natal cheio de mimo, de sorrisos, de magia e principalmente por mais um Natal junto dos meus que apesar de "tosses e febres da época" estão saudáveis e comigo! Que o Pai Natal nos proporcione "muitos mais Natais" de mesa cheias da nossa gente!

[E que venha o sol para estrear as minhas mais do que lindas sapatilhas!]

24 de dezembro de 2016

E o Natal chegou!


Feliz Natal pessoas, cheio de sorrisos, mimos e muita magia!

23 de dezembro de 2016

Ainda cá estamos!

Estamos vivos e finalmente de férias! Nestes dias entre tosses, febres, birras e sorrisos conseguimos finalizar as compras dos presentes de Natal. Não tive todo o tempo do mundo para os escolher calmamente e com toda a atenção, que as pessoas sortudas que os vão receber merecem, mas fiz o possível e estou satisfeita. Agora estou abraçar a árdua tarefa de os embrulhar com o pequeno Dinis agarrado às minhas pernas e, depois vou estender-me no sofá e deixar que o espírito natalício comece a aparecer em mim... os centros comerciais nesta altura mexem-me com os nervos!

11 de dezembro de 2016

Presentes na árvore: sim ou não?

Pois por cá era sempre sim. Adoro ver os presentes a rodear a árvore todos cuidadosamente embrulhados. Mas este ano, com os dois príncipes safados cá de casa a mexerem em tudo e mais alguma coisa, e a não darem ouvidos a metade do que digo, não arrisquei. Ando, por isso, a embrulhar presentes às escondidas e de seguida a separá-los em sacas e saquinhas e a colocá-los nos armários livres cá de casa, bem escondidos... ao ponto que cheguei!

9 de dezembro de 2016

Voar ... devagarinho.


[outubro 2016]
E depois há aqueles momentos em que estamos a organizar as fotos dos últimos meses e temos a certeza que o tempo passa mesmo mas mesmo rápido. E caramba, os miúdos crescem muito, muito depressa, essa é que é essa. E eu já tenho um filho com 4 anos (quatro!) e que já teve a sua primeira bicicleta a sério, com rodinhas mas mesmo assim uma bicicleta de crescidos. Oh tempo, sê meigunho. Quero saborear os meus príncipes bebés devagarinho.

8 de dezembro de 2016

Constatações de quase domingo à noite.

Amanhã é sexta-feira (yeahh!) mas a esta hora do dia eu estou com a minha tão característica neura de domingo à noite. 
Outra coisa, tenho sempre a sensação que o mês de dezembro, a par com o mês de agosto são meses que passam a voar. Há sempre tanto que fazer e tanto para saborear, que acabam por passar rápido de mais.
Pronto é isto.

4 de dezembro de 2016

O Natal e o circo.

Animais no circo é coisa do passado, pensei eu. Hoje fomos ao circo e eu nem me preocupei em saber se o circo tinha animais. Claro que não tem. O colégio do Diogo ofereceu bilhetes para um espectáculo de circo e hoje de manhã lá fomos os dois.
Já não foi a primeira vez dele no circo, o ano passado fomos ao circo do coliseu do Porto: muitos trapezistas, malabaristas e ginastas, é um circo totalmente sem animais. Mas falta-lhe uma coisa... a magia de entrar numa tenda de circo. 
Hoje fomos “a um circo a sério” disse-me o Diogo. “Mamã, entramos mesmo numa tenda.” Pois foi, filho. Mas mal entramos e nos sentamos já de pipocas na mão, reparamos imediatamente nas grades enormes montadas no centro da tenda. Os malabaristas não precisam destas grades, os trapezistas e os palhaços também não.... o circo ia ter animais. Tigres, cães, póneis,... lá estavam eles. E a mamã pensava que animais no circo era coisa do passado. “Mamã, os tigres são a sério? Porque é que os tigres não estão na selva?” Pois. Viemos embora no intervalo, após 2 horas do espectáculo ter começado. O rapaz já estava cansado de lá estar. Não achou grande piada à maioria dos shows. A verdade seja dita, apenas esteve atento (muito atento e concentrado) durante o show dos tigres (porque nem se acreditava que eram a sério!), e depois também gostou de uma acrobata “que parecia que ia cair” mas que “era muito forte.”
Estas duas horas de circo fizeram-me recuar à minha infância, quando religiosamente o meu nos levava (a mim e ao meu irmão) ao circo. Um programa a três, que recordo com muita saudade. (Já disse que tive uma infância muito feliz?)



3 de dezembro de 2016

Pai Natal... oh Pai Natal..?




Pai Natal, espreitei a Zara, a minha querida Zara, e uma destas camisolas faziam sorrir o meu sapatinho. Gosto tanto.

Ponto de situação: presentes de Natal.

E hoje foram, finalmente, comprados os primeiros presentes de Natal. Adoro, mas adoro esta época. Só tenho pena de não ter mais tempo, pois estas fugidas de casa sem os pequenos atrás são sempre muito limitadas e ultra rápidas. Já lá vai o tempo em que conseguia passar um dia inteiro calmamente a escolher presentes.

2 de dezembro de 2016

Victoria's Secret Fashion Show 2016





E a nossa Sara Sampaio mais uma vez brilhou. Em grande! Gosto da miúda, gosto deste espectáculo, gosto das cores, gosto de todo o aparato à volta deste desfle, e gosto da forma como todos estes anjos desfilam (andam em saltos de 15 cm como andam de sabrinas). A Sara esteve deslumbrante. Orgulho!

[E eu cá só gostava de ser mimada como são estas miúdas na semana que antecede este desfile. :)]

Dias em casa.

Estes dias em que estamos todos enclausurados em casa, por conta de viroses e infeções são um verdadeiro desafio. Por exemplo, hoje a minha brilhante ideia era "fazer uma limpeza" aos brinquedos, daquelas absolutamente necessárias antes do Natal. Mas com dois ajudantes desta natureza que aproveitam para brincar com tudo o que aparece à frente, a tarefa está a ser inglória para mim e um entusiasmo para eles!




1 de dezembro de 2016

Olá, Dezembro!


E o Natal chegou cá a casa. ho ho ho. ♥

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Três Quartos de Tudo © 2014-2016